segunda-feira, 12 de maio de 2008

Fim das Eleições: Mário Covas (PSDB) na cabeça!

A última enquete realizada pelo Simplificando Política simulou as eleições presidenciais de 1.989. Exibido o vídeo com trechos de um bem-humorado debate, nossos ilustres visitantes puderam votar naqueles então candidatos, dos quais, muitos, ainda continuam presentes na cena política nacional.

Puderam ver Covas chamando a Maluf de cínico; Brizola dizendo que havia "puxa-sacos" do Sr. Sílvio Santos entre os presentes; Lula dizendo que Maluf era competente porque "competia, competia, mas nunca ganhava"; Caiado dizendo que a campanha do PT "achaca" comerciantes em São Paulo para arrecadar dinheiro (e Lula respondendo que a de Caiado fora "impugnada pelo povo"); Brizola, quase como um profeta, dizendo que "desconfiava muito do PT como partido de natureza social, como movimento de natureza social" e que achava o "PT uma frente, onde uma das partes, integrante da frente, é maior do que a própria frente"; dentre tantas outras saborosas e até engraçadas passagens...

Bons tempos aqueles, nos quais marketeiros não eram tão presentes quanto hoje: tanto nas campanhas, quanto nos próprios governos.

Além disso, aquele pleito, que foi vencido por Collor (com uma mãozinha da Rede Globo de Televisão), era especial: havia 20 (vinte) anos que no Brasil não se realizavam eleições, que aconteceram em 1989 apenas após o movimento "Diretas Já" e o fim do regime militar.

Vejamos, então, o resultado de nossas eleições:

Mário Covas (PSDB) - 52% dos votos

Lula (PT) - 32 % dos votos

Brizola (PDT) - 15% dos votos

Ulisses Guimarães - 15% dos votos

Paulo Maluf (PDS) - 8% dos votos

Enéas Carneiro (PRONA) - 8% dos votos

Afif (PL) - 4% dos votos

Roberto Freire (PCB) - 4% dos votos

Como vimos, fossem as eleições decididas, em 1989, pelos leitores do Simplificando Política, o resultado seria outro; Aliás, não seria apenas outro, seria melhor, muito, muito melhor...

Nenhum comentário: